• Equipe Jardim Secreto

Apoio X Apropriação


Tem marca nova na curadoria da Casa e do Galpão Jardim Secreto, a Toro Indigena.

A Duda, idealizadora da marca, se preocupa muito em valorizar o trabalho de quem produz e ficou feliz em responder nossa pergunta.


Qual o limiar entre Apoio e Apropriação?


A resposta foi incrível e queremos compartilhar com vocês.





Por Eduarda,


"Se tornar protagonista da propria luta ou sonho é transformador! quando entendemos nosso grito para essa existência e podemos partilhar de grupos que também vibram na mesma frequência, nasce um fenomeno de empoderamento e não apropriação. de soma, de partilha e de caminhares! entender que mesmo dentro de uma unica cultura, cada ser tem seu papel e seu ponto de vista e atuação, podemos co-existir. diálogo, troca, experiencia e empatia geram bons frutos (:

a apropriação percorre o caminho inverso. desvaloriza o ser, apaga diversidade, deixa em segundo plano sua vitalidade, deixa pros cantos todo encanto trazido de dentro.   estar conectadx à natureza, com força e foco, e poder fazer isso de forma bela, é o que nos encanta. pensamos que a todos, não só pelo esteriótipo do que se deduz ser indígena Trazer diversidade, o fazer a mão, valorizar o ser e poder dar voz - ou espaço - para que haja manifestação já são aberturas que tocam.

quantas pessoas podem ter acesso ou abrir os olhos para questoes indígenas ao entrar em contato com a marca, objeto, não é só da mercadoria, é da existência de mundos que precisam de atenção. a nossa forma de fazer é através das fibras, do sensivel e da manifestação da arte.

agora o que acontece dai pra frente, se gera ou não apropriação, não ha controle, mas há a intenção de dar voz e dar vazão a algo que há tempos foi deixado de lado: essência de alma.

o protagonismo da marca está estampada nessa visão.

avante mulheres."




© 2018 CRIADO E DESENVOLVIDO POR STEHANTONOFF

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Facebook Ícone